Somos o que comemos“, é uma expressão conhecida e que tem muito fundamento. Quando a dieta alimentar não é adequada, o corpo reage e dá sinais de que há problemas ou incompatibilidades.

Tudo aquilo que come tem influência no que sente e na sua saúde. O importante é praticar uma dieta variada e não exagerar nas comidas que sabe que fazem mal. Tenha cuidado para não excluir da sua alimentação um macronutriente ou reduzir em demasia a quantidade de calorias que ingere. Quando a quantidade de calorias obtidas é inferior a 1200 é normal sentir, fraqueza, tontura e dores de cabeça.

Muito devido a toda a comunicação que existe em torno das calorias, muitas pessoas têm procurado diminuir abruptamente o seu consumo, mas é importante referir que a sua ingestão é fundamental ao corpo humano. Portanto, não deve exagerar no seu consumo, mas também não deve cortar em demasia.

Os sintomas de uma dieta pobre varia muito de pessoa para pessoa, contudo há alguns sinais que são comuns surgirem. Neste artigo vão ser divulgados esses sinais.

Antes dos sinais, na ilustração em baixo, pode consultar a pirâmide alimentar, com as quantidades diárias recomendadas de cada grupo alimentar.

Sinal 1: Mau humor

Mau humor e irritabilidade são sinais comuns de que não está a alimentar-se devidamente. Normalmente ocorre devido à restrição de calorias e pobre consumo de hidratos de carbono, como pão, batata, massa, entre outros. A diminuição de consumo de carboidratos diminui a produção de serotonina que é o neurotransmissor que influencia a sensação de bem estar e felicidade.

Dica: Não consuma as calorias de uma só vez, distribua o consumo ao longo do dia e assim previne estes sintomas.



Sinal 2: Tontura e dores de cabeça

Este tipo de sintomas é comum quando as pessoas tentam fazer dietas muito restritivas e baixam o consumo de calorias para valores pouco recomendáveis. Procure nunca consumir menos de 1200 calorias por dia. Também são sinais comuns quando ocorre desidratação (pode ser do seu interesse: Conheça os Sintomas de Desidratação!)

Sinal 3: Cansaço

Mais uma vez, consumir poucas calorias vai fazer com que adquira pouca energia e sinta cansaço mais facilmente.

Sinal 4: Flacidez

Quando há um desequilíbrio alimentar, a flacidez é comum, pois o corpo utiliza as proteínas em detrimento da energia para as atividades do dia a dia. Como consequência, vai perder a massa muscular, aumentar a flacidez e sentir-se cansado mais facilmente.

Sinal 5: Urinar poucas vezes

Pode ser sinal de desidratação e a desidratação pode ocorrer devido a uma má alimentação. Obviamente que pode hidratar-se ao beber água, mas há muitas outras maneiras saudáveis de hidratar o organismo, nomeadamente através de verduras, legumes e fruta. Se tem sintomas de desidratação, é porque pode não estar a consumir este tipo de alimentos.

Sinal 6: Desejo de doces

Um dieta desequilibrada pode conduzir a que deseje muito doces. O pior é quando se priva de doces o máximo de tempo que aguentar e depois quando os ingere abusa nas quantidades. Comer doces faz parte de uma boa alimentação, só não pode é abusar. Opte, por exemplo, pelo chocolate preto.

Sinal 7: Oscilações de peso

Quando o seu peso oscila, tanto emagrece como engorda em questão de dias, é porque a sua dieta e hábitos alimentares não estão equilibrados. Pode e deve consultar um nutricionista para o ajudar.

A pensar na sua saúde, sugerimos:

9 Erros comuns que Não pode cometer ao tomar a sua Medicação!

Miomas uterinos: Quando devo ir ao Médico? O que devo dizer?



Partilhe e ajude as pessoas a saberem quando a dieta alimentar não está adequada!

PARTILHE!

Alerta Saúde

O portal Alerta Saúde tem a missão basilar de zelar e cuidar da Saúde dos portugueses. Através do compromisso de divulgação de conteúdo fidedigno da área da Saúde, como também através da disponibilização aos seus utilizadores dos meios necessários para que acedam de forma célere e intuitiva aos conteúdos pretendidos.