O cansaço é um sintoma muito comum num diagnóstico médico. Geralmente, é descrito pelas pessoas como falta de força ou desânimo para efetuarem as atividades do dia a dia. O cansaço é acompanhado muitas vezes por outros sintomas como fadiga, exaustão, sonolência, falta de energia ou falta de ar.

O cansaço pontual que ocorre na sequência de atividade física é natural. Quanto mais bem preparada fisicamente estiver a pessoa, maior a sua resistência ao cansaço. Por conseguinte, pessoas sedentárias e/ou com excesso de peso sentem cansaço mais facilmente, mesmo em atividades simples como, por exemplo, uma caminhada depois do jantar.

O sedentarismo / falta de atividade física são das causas mais comuns de cansaço.

Quando a pessoa apresente um quadro infeccioso, principalmente viral, como é o caso da gripe, é normal ocorrer cansaço de curta duração. Em termos de diagnóstico, cansaço com duração inferior a 48 horas não tem por norma relevância clínica, a não ser que tenha surgido de uma forma muito intensa e sem motivo aparente.

O cansaço também é comum em pessoas que têm um estilo de vida agitado com excesso de trabalho, stress e pouco tempo para o descanso e para lazer.

Normalmente, estas pessoas também são sedentárias pela falta de tempo para praticar atividade física, no entanto o cansaço neste grupo surge mais frequentemente devido ao excesso de stress, falta de sono, maus hábitos alimentares e, muitas vezes, de casos de depressão e/ou distúrbios de ansiedade.

Quando o cansaço é contínuo (cansaço crónico) nem sempre as causas são sedentarismo ou distúrbios derivados do excesso de stress.

Quais as principais causas do cansaço crónico?

1. Sedentarismo
2. Excesso de Stress
3. Depressão
4. Distúrbios de ansiedade
5. Distúrbios de sono
6. Hipotiroidismo
7. Insuficiência cardíaca
8. Anemia
9. Insuficiência renal crónica
10. Diabetes
11. Doenças pulmonares (embolia pulmonar, fibrose pulmonar, entre outras)



12. Síndrome de fadiga crónica
Sendo uma causa com taxa de incidência considerável em caso de cansaço crónico, vão ser referidos os sintomas desta condição:
12.1 Dificuldade de concentração
12.2 Dor de garganta
12.3 Dor muscular
12.4 Dor nas articulações
12.5 Dor de cabeça frequente
12.6 Dificuldades em dormir
12.7 Fadiga após esforço físico ou mental, mesmo após longas horas de descanso

13. Varizes e/ou má circulação
14. Tumores benignos ou malignos
15. Fibromialgia
16. Doenças do fígado
17. Doenças autoimunes
18. Tuberculose
19. Medicamentos
O uso prolongado de medicamentos pode provocar cansaço crónico, como é o caso de relaxantes musculares, anti-depressivos, anti-histamínicos, entre outros.
20. Excesso de cafeína e/ou álcool

Como é possível observar o cansaço é um sintoma comum a muitas doenças. O facto de sentir cansaço contínuo não significa que apresente necessariamente alguma destas doenças. No entanto, com o intuito de melhorar a sua qualidade de vida, caso sinta cansaço crónico por um período de tempo considerável, consulte o seu médico.

A pensar na sua saúde, sugerimos:

Conheça Hábitos que causam Depressão e impedem a sua Superação!

As Verdades e Mitos dos Antidepressivos!



Partilhe e ajude os seus amigos a perceberem as causas do cansaço contínuo!

PARTILHE!

Alerta Saúde

O portal Alerta Saúde tem a missão basilar de zelar e cuidar da Saúde dos portugueses. Através do compromisso de divulgação de conteúdo fidedigno da área da Saúde, como também através da disponibilização aos seus utilizadores dos meios necessários para que acedam de forma célere e intuitiva aos conteúdos pretendidos.