O Alerta Saúde é um portal que tem como missão cuidar da sua saúde e dos portugueses. Como tal, vamos ter sempre uma opinião imparcial, independentemente de quem possa ficar desagradado.

Querer agradar? Só mesmo a sua saúde.

Decidimos lançar este Alerta com 2 propósitos. Por um lado, queremos destacar a importância que a psicoterapia pode ter e, por outro lado, alertar para o facilitismo com que se prescreve um antidepressivo sem que também seja prescrito e previsto um respetivo acompanhamento ou plano de recuperação.

Não faz muito tempo, em 2011, Portugal era o país da Europa com maior taxa de depressão e o segundo a nível mundial. Atualmente, cerca de 25% dos portugueses sofre ou já sofreu uma depressão. Realidades que conduzem inevitavelmente a uma elevado consumo de antidepressivos.

Como pode consultar em maior detalhe neste artigo (As Verdades e Mitos dos Antidepressivos!), os antidepressivos são essenciais para a superação de uma depressão, contudo por si só muito dificilmente são capazes de fazer uma pessoa ultrapassar esse estado psíquico.

Isto porque os antidepressivos não foram concebidos para curar as depressões, mas sim para amenizar os sintomas.

Ou seja, uma pessoa que tenha como sintoma um sentimento de tristeza muito acentuado e que a impede de praticar as atividades do dia a dia. Os antidepressivos vão ser essenciais para que a pessoa sinta mais ânimo e possa praticar a sua rotina. No entanto, se mais nada for feito, a pessoa vai simplesmente viver com o sintoma amenizado e não vai superar a depressão.

Claro que muitas pessoas tomam antidepressivos anos sem fim e sentem que, mesmo com o passar do tempo, não superam a condição. Ao mesmo tempo que se prescrevem antidepressivos, também devia ser indicado um plano de recuperação do estado psíquico.

A psicoterapia é a solução?

A psicoterapia é uma das soluções. O mais importante é ter consciência que os antidepressivos não são a única solução, aliás por si só dificilmente serão uma solução. Deve procurar as que são mais eficazes no seu caso.

O que é a psicoterapia?

A psicoterapia é um tipo de terapia, cujo objetivo é tratar os desafios psicológicos, tais como depressão, ansiedade, dificuldades de relacionamento, fobias e muitos outros distúrbios.

É um processo baseado no diálogo entre o psicoterapeuta (normalmente um psicólogo ou psiquiatra) e o paciente.

Quais são os objetivos da psicoterapia?

1. Restabelecer o funcionamento psíquico ótimo da pessoa

2. Permitir à pessoa que compreenda as causas que provocaram o seu estado, de modo a aprender a lidar com os seus problemas, dificuldades e desafios

3. Desenvolver na pessoa meios de agir no mundo de modo a ser feliz

4. Solucionar problemas pontuais ou questões mais profundas



Qual a eficácia da psicoterapia?

Estudos indicam que em média no mínimo 60% das pessoas melhora a sua qualidade de vida com efeitos práticos na rotina das pessoas. Indicam que a percentagem não é superior, porque há um número significativo de pacientes que frequentam a terapia contra vontade própria e não estão minimamente abertos a diálogo.

Indicam também que 30% dos pacientes atingem benefícios duradouros após 3 sessões de terapia.

Por último, revelam que as probabilidades de recaída são:

57% para pacientes que só tenham optado por antidepressivos

27% para pacientes que tenham optado por antidepressivos em conjunto com psicoterapia

A psicoterapia é comparticipada?

Em Portugal, os cuidados privados na área de saúde mental não são comparticipados, a menos que tenha ADSE ou determinados seguros e que o seu médico tenha prescrito a necessidade de psicoterapia. No sector privado, o custo médio das consultas rondam os 60 euros.

No sistema público, fale com o seu médico para o encaminhar para um profissional adequado à sua condição. Neste caso, será comparticipado, sendo que pode pagar as taxas moderadoras do serviço nacional de saúde adequadas a si.

Conclusão?

Consideramos que os antidepressivos são sem dúvida essenciais para a superação de distúrbios psicológicos, no entanto sabemos que por si só podem não ser suficientes e por conseguinte devem ser indicadas às pessoas um plano de recuperação que deve incluir algum tipo de psicoterapia. Sugestão: fale com o seu médico sobre os benefícios da psicoterapia e se é indicada para si.

A pensar na sua saúde, sugerimos:

9 tipos de Depressão!

Sintomas do Transtorno de Ansiedade Generalizada!



Partilhe e ajude os seus amigos a perceberem os benefícios da psicoterapia!

PARTILHE!

Alerta Saúde

O portal Alerta Saúde tem a missão basilar de zelar e cuidar da Saúde dos portugueses. Através do compromisso de divulgação de conteúdo fidedigno da área da Saúde, como também através da disponibilização aos seus utilizadores dos meios necessários para que acedam de forma célere e intuitiva aos conteúdos pretendidos.