O edema pulmonar é uma condição que ocorre quando há excesso de líquido nos pulmões e é popularmente conhecida por “água nos pulmões”.

O excesso de líquido nos pulmões é uma complicação grave. Na maioria dos casos ocorre devido a algum problema cardíaco, no entanto há outras causas possíveis como pneumonia, exposição a determinadas toxinas ou viver num local de elevada altitude.

Quando o edema pulmonar desenvolve-se num curto período de tempo, denomina-se por agudo e é uma emergência médica que exige tratamento imediato por colocar em risco a vida da pessoa.

Também há casos em que a acumulação de líquido nos pulmões ocorre de forma gradual e progressiva. Nestas situações denominam-se de edema pulmonar crónico.

Quais os sintomas comuns de edema pulmonar agudo?

1. Falta de ar intensa e dificuldade acentuada em respirar (dispneia) que pioram quando a pessoa se deita
2. Sensação de sufoco
3. Ansiedade e inquietação
4. Tosse com expectoração (pode ser expelido sangue)
5. Arritmia cardíaca
6. Dor no peito se o edema for causado por doença cardíaca



Uma pessoa com estes sintomas deve dirigir-se às urgências com a maior brevidade possível.

Quais os sintomas de edema pulmonar crónico?

1. Sensação de falta de ar sem que impeça atividades do dia a dia
2. Dificuldade em respirar fundo
3. Maior dificuldade em respirar quando se está deitado
4. Respiração acompanhada de ruído
5. Despertar à noite sem fôlego
6. Rápido ganho de peso sem justificação aparente (podendo denunciar sinal de insuficiência cardíaca)
7. Inchaço nos braços e/ou pernas (mais comum nas pernas)
8. Fadiga

Quais os sintomas de edema pulmonar em altitudes elevadas?

Estes sintomas fazem-se sentir, normalmente, em altitudes superiores a 2000 metros, por conseguinte em Portugal dificilmente sentirá estes sintomas devido a edema pulmonar, no entanto podem surgir em caso de viagem para qualquer local com altitude superior a essa altitude.
1. Dores de cabeça (surgem comummente como primeiro sintoma)
2. Sensação acentuada de falta de ar após esforço físico que com a progressão da doença também se vai sentir em situações de repouso
3. Tosse (seca ou com expectoração)
4. Febre
5. Arritmia cardíaca
6. Desconforto no peito

A pensar na sua saúde, sugerimos:

Conheça as Causas, os Fatores de Risco e Sintomas da Embolia Pulmonar!

Confira as Causas, Fatores de Risco e Sintomas da Trombose!



Partilhe e ajude os seus amigos a conhecerem os sintomas de Edema Pulmonar!

PARTILHE!

Alerta Saúde

O portal Alerta Saúde tem a missão basilar de zelar e cuidar da Saúde dos portugueses. Através do compromisso de divulgação de conteúdo fidedigno da área da Saúde, como também através da disponibilização aos seus utilizadores dos meios necessários para que acedam de forma célere e intuitiva aos conteúdos pretendidos.