Artigo escrito e elaborado pela nutricionista Joana Martins, colaboradora do Alerta Saúde:

Já deve ter ouvido falar sobre a dieta Detox e os seus benefícios. Caso não saiba do que se trata, é muito simples. Basicamente é uma dieta que se baseia na eliminação do consumo de alimentos de difícil digestão e na ingestão de alimentos orgânicos com o objetivo de desintoxicar o organismo.

Como nutricionista, sou obviamente a favor de dietas e hábitos que desintoxiquem o nosso organismo, não sou é adepta de exageros. Exageros que, infelizmente, já causaram a morte de pessoas que levaram a dieta Detox ao extremo.

Vivemos num mundo em que as pessoas têm a expectativa de obter resultados cada vez mais rapidamente. Recebo todos os dias no meu consultório, pacientes a pedirem ajuda para emagrecer “n” quilos para ontem. Respondo que não devemos pensar no curto prazo, mas sim no médio e longo prazo.

Se tem maus hábitos alimentares e se procura emagrecer no imediato sem mudar esses mesmos hábitos, até pode conseguir emagrecer alguns quilos rapidamente, mas… Se não mudar o seu estilo de vida, mais tarde ou mais cedo, acabará por recuperar os quilos que perdeu. E isto acontece porque não cortou o mal pela raiz, pensou na solução rápida em vez da solução definitiva.

Aplica-se a mesma lógica ao Detox. Mas antes, o meu conselho é: esqueça o Detox. A dieta Detox é não é nada mais do que algo da moda usado por atores e atrizes de Hollywood. Aliás, as bases da dieta Detox, são bem antigas, simplesmente fizeram-lhe um lifting e deram-lhe um nome.

Não pense na desintoxicação do seu organismo como algo agora para o imediato, só porque ouviu falar no Detox. Pense nisso como um modo de estar mais saudável que vai obrigar a mudar um pouco o seu estilo de vida, mas que compensará todos os sacrifícios. Só assim conseguirá desintoxicar o seu corpo de uma forma eficaz e saudável.

Tendo isso em mente, vamos então falar sobre alguns hábitos específicos para desintoxicar o organismo que deve incluir na sua rotina de forma permanente.

1. O básico primeiro: Beba mais água

Há vários estudos que defendem que devemos beber 1.5 a 2 litros de água por dia. Por outro lado, as estatísticas revelam que a maior parte da população, não ingere nem de perto essa quantia de água.

Está na altura de mudar de hábitos, ande sempre com uma garrafa consigo e vá bebendo a água ao longo do dia. Outra “batotice” que as pessoas fazem é a certa altura do dia, lembram-se que têm que beber água e ingerem grandes quantidaes de água de uma só vez. Não é de todo a maneira correta: primeiro, ingerir grandes quantidades de água num curto período de tempo pode intoxicar e até ser fatal (num caso muito extremo), segundo porque sobrecarrega os rins.

Portanto, beba água, muita água durante todo o dia. Vai ajudar a desintoxicar o seu organismo.

2. Sempre que possível, opte pelos alimentos orgânicos

Se há coisas boas que o Detox veio trazer, foi a de darmos mais importância aos alimentos orgânicos.

Não. Não é mito que a maior parte da fruta que comemos está carregada de pesticidas que são terríveis para o nosso organismo. Para além disso, há determinadas frutas que são tão consumidas a nível mundiais que os produtores têm que utilizar fertilizantes que são prejudiciais para a nossa saúde.

Comer orgânico é bom, mas também muito caro, por isso a minha sugestão é optar por comprar esta fruta orgânica sempre que consiga: morangos, maçãs e tomates.

Por dois motivos: primeiro, são dos tais alimentos que os produtores tendem a abusar nos fertilizantes e segundo porque são frutas que devemos comer com frequência e que são milagrosos para a nossa saúde se… Não tiverem carregados de pesticidas e fertilizantes.

3. Não abuse do café, lembre-se dos chás!

O consumo de café é bom. Tenho pacientes a dizer, “de manhã, primeiro o café, depois os problemas”. Muito bem, se realmente dá-lhe tanto gosto beber o(s) seu(s) café(s), força e bom proveito. Só recomendo é que não exagere.

Muitas das pessoas que ajudo confessam que tomam tantos cafés não pelo desejo, mas sim porque quando fazem uma pausa no trabalho tomam um café. Ora bem, se fizer 10 pausas por dia, depois ninguém dorme à noite.

Neste sentido, recomendo o consumo do chá. Um desintoxicante por excelência é o chá verde. Para além disso, contém outros antioxidantes bastante benéficos.

4. Faça exercício e sue o que puder e conseguir

Este ponto é essencial. Para desintoxicar o seu organismo tem mesmo que se mexer e praticar alguma atividade física. Caso queira saber mais sobre as consequências do sedentarismo, leia o artigo: Sedentarismo mata o dobro da Obesidade e o mesmo que o Fumar!

Opte por algo que gosta. Não pense no exercício físico como uma obrigação, pense antes em todos os benefícios que vai trazer à sua vida e procure aí a sua motivação.

Ao praticar atividade física e ao suar, vai estar a libertar as toxinas do seu organismo.



5. Valorize o seu sono

Sim, é verdade. O dia tem 24 horas e temos tanto para fazer nos dias que correm que dormir de 7h a 8h é, por vezes, um autêntico luxo.

Pois bem, mas então aceite e dê a si próprio esse luxo. O sono é das atividades mais importantes do ser humano. Não dormir o tempo necessário compromete o sistema imunitário e conduz a uma natural falta de energia.

Portanto, valorize o seu sono e faça disso uma prioridade. Pense que ao dormir mais uma hora, está a “perder” uma hora “útil” do seu dia, mas está a ganhar mais energia para que possa aproveitar da melhor maneira todas as outras que passa acordado.

Ao valorizar o seu sono e ao dormir 7 a 8 horas por dia, vai ajudar todo o seu organismo a desintoxicar mais eficazmente.

6. Auxilie-se nos probióticos para expulsar as bactérias más!

Não sei se já ouviu falar nos probióticos, mas são microorganismos vivos que podem eliminar de forma natural as bactérias prejudiciais ao nosso organismo. Por isso, ponha os probióticos a trabalhar para si.

De uma forma natural e não exagerada, consuma iogurtes, leite e alguns queijos.

Os probióticos vão principalmente estimular a desintoxicação da flora intestinal.

7. Sempre que possa, inclua um superalimento em todas as refeições

Os superalimentos, tal como o nome indicada, são super alimentos. Alimentos muito ricos em determinados nutrientes e antioxidantes benéficos à nossa saúde. São um forte aliado para a desintoxicação do nosso organismo, por isso procure incluir estes alimentos nas suas rotinas quotidianas.

Vou deixar alguns exemplos de superalimentos que pode tentar incluir no seu dia a dia: salmão, atum, azeite, nozes, tomates, maçãs, espinafres, framboesas, mirtilos, abacate, amêndoas, abôbora, batata doce, cenoura, beringela, entre muitos outros.

8. Não se esqueça da Fibra!

Já deve ter ouvido milhares de vezes para incluir fibra na sua dieta do dia a dia e… É isso mesmo, vai ouvir mais vez. Para além de contribuir para a perda de peso, é ótimo para a limpeza natural do organismo.

9. Corte no açúcar e nos alimentos ricos em açúcar

A maior parte das pessoas não tem bem noção do quanto prejudicial é o consumo de açúcar e dos alimentos ricos em açúcar.

Donuts, bolos, bolachas… Podem até ajudar a saciar a fome, mas nos bastidores o seu organismo é quem sofre. São explosões repentinas de açúcar no sangue, que não é nada benéfico e, para além disso, o açúcar é o componente base de muitas das toxinas que o nosso organismo produz, principalmente no sistema digestivo. Por isso, toca a cortar nos doces!

Estas dicas são as suficientes para sentir uma mudança drástica na sua saúde. Vai sentir-se muito melhor, mais saudável e mais energético. Desde que não pense só no imediato!

A pensar no seu bem estar, o Alerta Saúde sugere também:

Causas, Diagnóstico, Tipos e Tratamentos da Leucemia!

Sabe distinguir um Sinal benigno de um Sinal maligno?



Partilhe e ajude as pessoas a desintoxicar os seus organismos em segurança!

PARTILHE!

Alerta Saúde

O portal Alerta Saúde tem a missão basilar de zelar e cuidar da Saúde dos portugueses. Através do compromisso de divulgação de conteúdo fidedigno da área da Saúde, como também através da disponibilização aos seus utilizadores dos meios necessários para que acedam de forma célere e intuitiva aos conteúdos pretendidos.