Fibrose designa-se pela formação de tecido num órgão ou formação de tecido como parte de um processo de cicatrização.

A fibrose pulmonar é uma doença em que ocorre cicatrização do tecido pulmonar, com espessamento (aumento da espessura) e rigidez.

O pulmão é o órgão responsável pela captação de oxigénio da atmosfera e sua transferência para a corrente sanguínea. Também é responsável por expelir o dióxido de carbono produzido pelo corpo humano para a atmosfera.

Quando desenvolve-se fibrose nos pulmões ocorre destruição parcial das unidades alveolares (constituídas por alvéolos pulmonares, que são uma espécie de “saco” onde entra o oxigénio, e por vasos sanguíneos), o que provoca uma maior dificuldade de transporte do oxigénio a todas as células do corpo. Complicação que provoca sensação de falta de ar.

Quais são as causas da fibrose pulmonar?

Em alguns casos é possível determinar e identificar as causas da fibrose pulmonar, no entanto na maior parte das situações as causas não são conhecidas.

As principais causas são:
1. Exposição prolongada a determinados contaminantes ou poeiras, como por exemplo, exposição a sílica ou asbesto (amianto)
2. Exposição a ambientes poluídos
3. Tabaco
4. Contacto com aves (pneumonite de hipersensibilidade)
5. Uso de determinada medicação, como é o caso de amiodarona (tratamento de arritmias), fenitoína, antidepressivos, entre outros
6. Radioterapia
7. Doenças autoimunes, como por exemplo: esclerodermia, artrite reumatóide, lupús e dermatomiosite.



8. Infeções virais e bacterianas
9. Doença de refluxo gastroesofágico
10. Origem genética

A fibrose pulmonar com prognóstico mais grave designa-se “fibrose pulmonar idiopática” que tem causa desconhecida.

Este tipo de fibrose pulmonar é mais comum no homem do que na mulher e é raro ocorrer antes dos 50 anos de idade. Há maior risco de desenvolvimento entre os 50 a 70 anos.



Quais são os sintomas da fibrose pulmonar?

Naturalmente, os sintomas variam de acordo com a evolução da doença ou do tipo de fibrose pulmonar (há fibroses pulmonares que se desenvolvem muito rapidamente ou ao longo de vários anos). Os principais são:

1. Falta de ar
2. Tosse seca
3. Cansaço excessivo
4. Perda de peso sem motivo aparente



5. Perda de apetite
6. Dores musculares e nas articulações
7. Cianose (pele com cor azulada)

8. 50% das pessoas com fibrose pulmonar apresentam dedos “em baqueta de tambor”, sendo que a sua presença não implica necessariamente fibrose pulmonar (ou seja, há outras doenças e complicações que provocam dedos “em baqueta de tambor”)

Partilhe e ajude os seus amigos a conhecerem as causas e sintomas de fibrose pulmonar!

PARTILHE!

Alerta Saúde

O portal Alerta Saúde tem a missão basilar de zelar e cuidar da Saúde dos portugueses. Através do compromisso de divulgação de conteúdo fidedigno da área da Saúde, como também através da disponibilização aos seus utilizadores dos meios necessários para que acedam de forma célere e intuitiva aos conteúdos pretendidos.